Retweet

Posts Recentes

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Mar


A areia preenche as lacunas entre meus dedos, a sensação térmica é alta, meninos cavam buracos na areia, usam-na para fazer castelos, bolas das mais diversas cores cruzam o ar, latas de cerveja em todos os lugares, velhas gordas com maios e biquínis, contemplo a imensidão do mar.

 Nada disso me agrada, a verdade é que nem sei que diabos estou fazendo aqui, com esses caras bêbados, estou perdendo meu tempo, realmente não entendo o conceito de diversão da maioria das pessoas, mas de certo modo me agrada olhar as belas garotas com seus rabinhos besuntados em bronzeador.

O mar não me encanta, apenas me faz pensar que no outro lado dele possa ter algo para mim, que nunca encontrei aqui... O mar me enoja, a maior poça d’agua do mundo, corpos de japoneses arrastados pelo tsunami e porra de baleia e animais grotescos e fedidos, todo tipo de merda esta escondida no mar.

Um velho banguela tenta me vender uma lata de Skol por 5,00 paus, alguns metros dali algum jovem delinquente rouba a câmera de um turista argentino para trocar por drogas, casais se beijam a beira do mar e amigos se juntam para tirar fotos.

Até simpatizo com o álcool, gosto de fugir da lucidez sempre que possível, mas odeio o comportamento de pessoas embriagadas, em função disso desenvolvi o hábito de beber sempre sozinho. 

Olho em volta novamente, ouço muitas risadas, mas definitivamente nenhuma delas é minha, odeio esse lugar, odeio o mar, não consigo entender o motivo de enfrentar tantas horas de viagem para isso. Que diabo eu estou fazendo aqui. 

1 comentários:

LXLopes disse...

Depois de muito tempo sem escrever nem ler nada, resolvi voltar à atividade. Tenho rascunhado algumas palavras em outro blog, pois pra mim, o antigo acabou fugindo do que eu queria no início.

Pelo que vejo, aqui no seu, tudo continua tão ótimo quanto sempre foi. Senti falta do cheiro de merda que você joga no ventilador, da podridão que, normalmente, não vejo no mundo e em mim mesmo e dos socos no estômago que, certamente, as pessoas levam ao ler o blog.

Em outras palavras, continua genial.

Postar um comentário